VOCÊ É FELIZ NO TRABALHO?

Dizem que se conselho fosse bom ninguém dava, vendia.  Mas o que não falta é conselho por aí… e por aqui…. Conselho do tipo “valorize o que você tem antes que você perca” é um dos que rondam a vida daqueles insatisfeitos profissionalmente porém que não conseguem tomar nenhuma atitude a respeito.  Aprender a gostar do que se tem e agradecer imensamente por isso pode trazer paz interior, porém, dificilmente, isso será real ou duradouro em se tratando da vida profissional.  Trabalhar é importante por nos permitir experimentar, nas diversas relações que se estabelecem, oportunidades para crescer emocional e intelectualmente, além de gerar inúmeras situações nas quais podemos sentir nossos valores se realizarem, como o de sermos reconhecidos, termos poder, status, liberdade, utilidade.  Enfim, sem fazer nenhum juízo crítico quanto à quantidade de horas de trabalho, acredito que trabalhar é gratificante e enobrecedor.  Mas, e leiam “MAS”, esse sentimento de recompensa pessoal pelo trabalho realizado só permanece se o que tivermos escolhido fazer for algo que realmente nos entusiasma, alegra, satisfaz.  Trabalhar em algo que não nos traz nenhum sentimento de alegria, de satisfação, é como perder o paladar porém jantar todo dia um prato diferente: não tem sentido algum.  Escolher o trabalho que faremos por parte ou toda a vida com base no que acreditamos nos trará senso de realização pessoal e é fundamental para que haja motivação frente às adversidades que a vida nos apresenta, indiferente do meio social ou cultural a que pertencemos.  Como disse Nietzsche, “Quem tem um porquê suporta qualquer como”.  Quando percebemos sentido no que fazemos, mesmo que só faça sentido para nós mesmos, aceitamos melhor os desafios e estamos mais dispostos a arcar com os sacrifícios que quase sempre a vida profissional nos exige, como, por exemplo, passar menos tempo com a família do que gostaríamos.  Quem escolhe seu trabalho, sua vida profissional, pensando somente na questão financeira, pode perceber, mais tarde, que não valeu tanto a pena.  E, ainda, pode descobrir que sendo criativo qualquer trabalho pode gerar resultados financeiros satisfatórios, mas nem todo resultado financeiro pode gerar satisfação pessoal.  O ideal é, sem dúvidas, encontrar maneiras de fazer o que se gosta e obter prosperidade financeira com isso.  Mas nunca deveríamos acreditar que conseguiremos nos sentir felizes sem que tenhamos um dia-a-dia de grande satisfação, o que é impossível experimentar com um trabalho enfadonho, entediante, diferente do que sonhávamos para nós mas que, porém, em algum momento passamos a acreditar que o sonho era só sonho e, assim, desistimos de buscar formas de concretizá-lo.  Fazer o que se ama não é conselho barato não, apesar de estar estampado em letras de música e em temas de filmes.  Fazer o que se gosta é questão de sobrevivência da nossa própria felicidade.  Todas as pessoas deveriam tomar decisões de carreira questionando o que realmente querem, que tipo de trabalho realmente trará maior satisfação no curto, médio e longo prazos.  Mas é triste reconhecer que essa não é a realidade da maioria das pessoas, porque as limitações são tantas que transcedem a barreira do racional.  Quantas pessoas sequer acreditam que têm direito de escolha… Quantas não vêem possibilidade alguma diante de si.   Mas quantas, mesmo com muita dificuldade, persistiram e conseguiram o que desejavam?  Todo o sucesso das nossas metas e objetivos depende, primeiramente, de acreditarmos neles, na nossa capacidade de alcancá-los e no merecimento em usufruirmos do seu atingimento.  Trabalho pode trazer felicidade ou infelicidade.  O que então você decide escolher?  

Lorena Lacerda, 
Master Coach de executivos

Compartilhe este post

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Postagens relacionadas

Dicas de Carreira

SUA LIDERANÇA ESTÁ EM EQUILÍBRIO?

Neste vídeo da série “Dicas de carreira” nossa CEO, @lorenalacerda, compartilha dicas importantes de como o Líder deve equilibrar hábitos para conseguir levar a equipe

Como podemos te ajudar?

Open chat
Precisa de ajuda?