A INTELIGÊNCIA EMOCIONAL NOS SUPER HERÓIS

A Inteligência Emocional nos Super-heróis

Vamos entender de uma forma objetiva e prática, o que é e como se manifesta a inteligência emocional?

Afinal, todos temos inteligência emocional, uns mais outros menos, e esta é uma habilidade essencial para qualquer profissional que queira sucesso em sua carreira (e em sua vida pessoal também, claro).

 

A inteligência emocional é uma habilidade e podemos desenvolvê-la ao longo de nossas vidas, desde que tenhamos clareza de qual dimensão da IE (inteligência emocional) precisamos melhorar, por isso a importância de termos um diagnóstico preciso do nosso QE (quociente emocional). 

 

Temos trabalhado por pelo menos 20 anos no desenvolvimento de líderes e sabemos o quanto a inteligência emocional é fundamental para a alta performance da liderança. Todos os exemplos de profissionais que não conseguiram avançar na carreira trazem na história atitudes de baixa IE.

 

Neste artigo vamos compartilhar os indicadores que compõem nossa IE, de forma a você poder fazer uma autoavaliação e definir em quais aspectos possivelmente precisa colocar mais energia de desenvolvimento.

 

A inteligência Emocional é apresentada em escalas e subescalas na ferramenta EQ-i 2.0, abrangendo aspectos como percepção que a pessoa tem de si mesma, sua capacidade de se expressar, desenvolver e manter relações sociais, lidar com desafios e usar informações emocionais de forma eficaz e significativa para a tomada de decisões.

 

Queremos, então, convidá-los a fazerem uma viagem ao mundo dos super-heróis, para descobrimos como cada um deles expressa sua IE. Vamos nessa?

 

Escala 1: Autopercepção

 

Trata de como eu me percebo. Essa escala avalia sentimentos de força interior como confiança e persistência na busca de metas pessoais relevantes, junto com a compreensão do que, quando, porque e como diferentes emoções impactam nossos pensamentos e ações.

 

Trouxemos para ilustrar essa escala, o nosso Super-Herói Homem de Ferro, Tony Stark.  Ele:

  • Tende a respeitar a si mesmo e acreditar em seus pontos fortes e talentos;
  • Mostra-se motivado em explorar seu potencial;
  • Elevada motivação a conquistas;
  • Demonstra ser consciente sobre suas emoções;
  • Sabe o impacto que causa nas pessoas com seus comportamentos (certos ou errados).

 

Escala 2: Autoexpressão

 

Trata de como eu me mostro. Essa escala avalia a propensão do indivíduo de permanecer auto orientado e abertamente expressivo sobre pensamentos e sentimentos, enquanto comunica estes pensamentos e sentimentos de modo construtivo e socialmente aceitável.

 

Ninguém melhor do que ela, a super-heroína Mulher Maravilha, para ser nosso exemplo nesta escala. Ela:

 

  • Se expressa com facilidade;
  • Defende seus direitos de modo não ofensivo;
  • Expressa suas ideias e pensamentos sem causar impacto negativo nos outros;
  • É firme e direta quando necessário;
  • Não é dependente emocional de outras pessoas;
  • Sente-se confiante, dirigindo a si mesma.

 

Escala 3: Interpessoal

 

Trata de como me relaciono. Essa escala mede a capacidade do indivíduo de desenvolver e manter relacionamentos baseados em confiança e compaixão.

 

Para esta escala escolhemos o super-herói Homem Aranha, Peter Parker. Ele:

  • Se preocupa com os outros;
  • Quer sempre ajudar;
  • Estabelece relacionamentos próximos e calorosos;
  • Demonstra humildade.

 

Escala 4: Tomada de Decisão

 

Trata de como gerencio a informação emocionalmente para tomada de decisão, com a capacidade para encontrar soluções para os problemas nas situações nas quais as emoções estão envolvidas e compreender seus impactos na decisão.

 

Para esta escala escolhemos o super-herói Batman, Bruce Wayne. Ele:

  • É consciente, disciplinado e metódico ao abordar problemas;
  • Consegue identificar e solucionar problemas;
  • Mostra resistir ou conter um impulso;
  • Demonstra alta tolerância à frustração;
  • Tende a ser objetivo, pragmático.

 

Escala 5: Gerenciamento do Estresse

 

Trata de como expresso a habilidade de ajustar emoções e comportamentos diante de situações adversas, suportando-as sem desenvolver problemas físicos ou emocionais. Habilidade de ver a vida pelo lado bom, mantendo uma atitude positiva mesmo diante da adversidade.

 

Para esta escala escolhemos um super-herói que NÃO demonstra esta escala! Sim, queremos mostrar um exemplo contrário da escala… Então escolhemos o Incrível Hulk. Típico, não é? Ele:

  • Não tende a lidar bem com críticas;
  • Não mantém a calma e o controle sob pressão;
  • Não gerencia suas emoções sob estresse;
  • Não tende a adotar atitudes positivas na adversidade.

 

 

Vejam que nos exemplos que trouxemos, o super-herói pode demonstrar algumas escalas e outras não, porque elas não estão desenvolvidas. E é assim como todos nós! Por isso a importância de compreendermos como funcionamos, afinal, autoconhecimento é tudo. 

 

Reflita agora: como você demonstra cada uma das 5 escalas da inteligência emocional? Quais são seus pontos fortes? Quais precisam ser desenvolvidas? Por qual você irá começar?

 

Seja bem-vindo a uma vida com mais inteligência emocional, para um sucesso integral.

 

Lorena Lacerda e Claudia Lisboa, coaches e mentoras de executivos, treinadoras de líderes, diretoras de conteúdo e sócias fundadoras da StepU.

Compartilhe este post

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Postagens relacionadas

Dicas de Carreira

SUA LIDERANÇA ESTÁ EM EQUILÍBRIO?

Neste vídeo da série “Dicas de carreira” nossa CEO, @lorenalacerda, compartilha dicas importantes de como o Líder deve equilibrar hábitos para conseguir levar a equipe

Como podemos te ajudar?

Open chat
Precisa de ajuda?